MENU

logo

Você sabe qual a curvatura do seu cabelo crespo ou cacheado?

1 de fevereiro de 2021

Modelo com cara de dúvida sobre a curvatura do seu cabelo sorrindo, olhando para o lado.

Nos anos 2000, houve a expansão do uso das chapinhas e, um pouco mais tarde, das progressivas. A moda era ter o cabelo liso. Por volta de 2015, mais ou menos, isso mudou, e as mulheres de cabelo crespo ou cacheado voltaram a usar o cabelo de forma natural, valorizando a beleza que cada cabelo tem e respeitando cada tipo de curvatura.

Se você é uma dessas mulheres que passou ou está passando por um período conhecido como transição, quando se para com as progressivas e aguarda o crescimento natural dos fios, saiba que o seu cacho terá uma curvatura específica.

E não, não é tão simples de descobrir, principalmente quando estamos falando de cabelos que passaram por longos períodos de química. Durante o processo de transição, você pode pensar que é uma ondulada, mas o cabelo pode ser cacheado.

Saber a curvatura específica das madeixas auxilia nos cuidados com os fios. Aliás, alguns cabelos necessitam de pentes específicos e que, se penteados com outros tipos convencionais, podem ficar quebradiços.
Chega de papo e vamos descobrir mais sobre a curvatura dos cachos.

Como identificar qual o meu tipo de cabelo?

Quando compramos um produto destinado a cabelos desse tipo, é normal nos depararmos com aquelas classificações atrás do potinho: 2A, 2B, 2C ou 3A, 3B, 3C. Também existem o 4A, 4B e 4C.

Se você não entende muito do assunto, a classificação pode parecer muito confusa. É por isso que vamos auxiliá-la a identificar a curvatura.

Todo cabelo possui uma estrutura própria, mas as ondas só começam a se formar, de fato, a partir dos cabelos 2A. Vamos entender melhor.

Cabelos ondulados e suas características

No geral, os cabelos ondulados são mais grossos que os cabelos lisos e possuem ondas, mas a raiz do cabelo costuma ser mais solta.

2A: a raiz do cabelo é lisa e as ondas começam do meio para as pontas. Possuem pouco volume, mas não é um liso escorrido.
2B: aqui, as ondas são um pouco maiores e o cabelo apresenta bastante frizz. É perceptível a formação de ondas, porém não se trata de um cacho em si. É mais um cabelo parecido com a letra S, o que gera mais volume que o anterior.
2C: esse tipo de cabelo apresenta alguns cachos e é mais volumoso. A raiz não é tão lisa e, por isso, há mais volume nos fios. É comum que muitas mulheres desse tipo de cabelo se confundam com o 3A, pois os dois são bem parecidos. O modo como o cabelo irá se comportar depende das finalizações que são feitas.

Como os cabelos ondulados não têm uma definição de cacho específica, muitas mulheres os chamam de cabelos rebeldes, já que não são nem lisos nem cacheados.

É importante ressaltar, no entanto, que a ondulação é exatamente a sua característica e que é possível conquistar mais definição com boas técnicas de finalização. A técnica do coque, por exemplo, é uma delas.

Após lavar os cabelos e aplicar um creme de pentear específico, aguarde o cabelo secar um pouco e faça um coque meio frouxo. Depois que os cabelos estiverem secos, é só desmanchar o coque.

Ah, mas lembre-se de aplicar essa técnica durante o dia, pois dormir de cabelos molhados pode contribuir para o aparecimento de caspas e outros problemas no couro cabeludo.

Cabelo cacheado: será que me encaixo nesse tipo?

A partir do 3A, estamos falando da curvatura do cabelo cacheado. Abaixo, está uma classificação que facilita na hora dos cuidados e permite que você adote tratamentos que valorizem mais ainda os cachos, conforme as características específicas deles.

3A: a raiz pode ser lisa ou ondulada, mas há a formação de cachos abertos. Dependendo da finalização, eles podem ganhar mais definição. São cabelos pesados e mais soltos.
3B: aqui estão os cabelos que conseguem bastante definição e que, por isso mesmo, possuem mais volume. Também são pesados e aguentam mais tempo a definição após as lavagens. A raiz desse cabelo é mais ondulada que a anterior.
3C: cabelos mais grossos e com o cacho mais fechado, formando espirais menores. Podem apresentar pontas mais ressecadas. Se forem fios finos, a tendência é embaraçar com mais facilidade A recomendação é apostar em óleos naturais.

Dentre as técnicas de finalização utilizadas pelas cacheadas, a fitagem é uma das mais conhecidas. Após a lavagem, o cabelo é separado em pequenas mechas, tipo fitinhas, e é aplicado creme de pentear em cada uma delas.

Na sequência, os fios são amassados com as mãos e secados naturalmente. Também é possível aguardar algum tempo após o procedimento de aplicar creme e utilizar um difusor com um secador. Isso permite que os cachos não se abram durante o processo de secagem.

Aqui você confere mais algumas dicas de finalização.

Modelo com cabelo crespo segurando uma pequena mecha mostrando a curvatura do seu cabelo sorrindo, olhando para o lado.
Cachos menores, será que tenho cabelo crespo?

Nessa categoria, estão os cabelos bem fechados e definidos. Em geral, são mais sensíveis quanto aos cuidados e ao jeito de pentear, justamente por causa da curvatura.

Para reconhecer esse tipo de cabelo, é possível falar em “molinhas”. Eles são tão cacheados que formam uma espécie de mola.

4A: os cachos são bem fechadinhos e, mesmo molhado, o cabelo mantém os cachos. Esse cabelo crespo tem bastante definição.
4B: nesse modelo, os cabelos já não formam mais cachos, mas sim uma curvatura em formato de Z..
4C: esse tipo de cabelo apresenta molinhas em forma de Z tão fechadas que, quando seco, fica difícil identificar os cachos, mas isso não significa que ele não seja um cabelo crespo. Nessa categoria se encaixam alguns cabelos Black Power, pois eles conseguem ganhar volume nas alturas.

Os cabelos crespos, em sua maioria, são mais finos. Por isso, devem ser penteados quando estiverem molhados. Para oferecer mais volume na raiz e ajudar a levantar, o pente garfo é ideal, uma vez que solta os cachinhos mais presos que estão no couro cabeludo.

Modelo jogando o cabelo para o lado sorrindo.
Aposte na liberdade dos cachos, independente da curvatura

Se você ainda ficou em dúvidas quanto ao seu tipo de curvatura, saiba que um cabelo pode ter mais de um tipo. A classificação é uma forma de fazer com que você obtenha produtos específicos para o seu tipo de cabelo e saiba valorizá-lo ainda mais.

É importante, também, que você reconheça o seu cabelo como uma característica importante da sua história e da sua personalidade. Sendo assim, valorizar as suas ondas e cachos é uma forma, também, de valorizar quem você é.

E você, qual o seu segredinho para manter os fios sempre lindos? Que tal dar uma olhada em nossa linha de produtos para cacheadas e crespas?


Tags


Os posts mais lidos

Siga o Beleza Natural

institutobelezanatural

Fique por dentro!

Cadastre-se e receba novidades, promoções e informações em primeira mão