FRETE GRÁTIS e NECESSÁIRE EXCLUSIVA nas compras acima de R$99,00 e toda a loja em até 6x sem juros.
Fechar
logo

Texturização capilar é a dica para a transicionada

20 de fevereiro de 2021

Mesma modelo, à esquerda com os cabelos frizados e à direita com os cabelos definidos e cacheados após o serviço de texturização capilar.As transicionadas AMAM uma boa texturização capilar, não é mesmo? Mas quem são essas pessoas? Como vivem? Onde moram?

Muitas pessoas, principalmente as mulheres, têm resolvido parar de usar químicas e assim ter o cabelo natural de volta. O nome desse processo é transição capilar e costuma ser demorado, principalmente para mulheres que alisam os cabelos há muito tempo.

Nesse período, os cabelos acabam ganhando duas texturas diferentes e para isso, existem algumas técnicas que auxiliam nesse momento. Por isso, nesse artigo, vamos falar sobre o assunto e dar algumas dicas para quem está fazendo ou pretende começar a transição. Acompanhe:

O que é a transição capilar?

Antes das nossas dicas, vamos explicar um pouco mais a respeito da transição capilar. Trata-se de um processo onde a pessoa decide abandonar o uso de químicas e assim retornar ao seu cabelo natural. Isso envolve as famosas escovas progressivas, relaxamentos, selagens, entre outros.

Há muitos anos, a sociedade impõe que um cabelo bonito precisa ser liso e alinhado, por isso, muitas mulheres optaram pelo alisamento. Mas nos últimos anos, a transição capilar vem ganhando espaço e fazendo com que muitas voltem a ter orgulho de sua curvatura capilar.

A transição capilar exige muita paciência, afinal de contas, o processo pode ser bem longo. Além disso, o cabelo acaba ficando com texturas diferentes, pois há a raiz que cresce natural e ainda temos uma parte dos fios que ainda possui química.

Uma das opções é fazer o conhecido “big chop”, que nada mais é que o processo de cortar toda parte do cabelo que tem procedimentos químicos. Mas o que devemos lembrar é que essa é uma escolha pessoal e nem todas as mulheres conseguem fazê-lo. Por esse motivo, existe uma outra possibilidade: a texturização.

Texturização capilar

A texturização capilar é uma técnica que permite mudar a textura do cabelo de forma provisória. Basicamente, ela consiste em cachear a parte lisa do cabelo e assim deixá-lo todo por igual. Essa é uma ótima alternativa para quem precisa sair e gostaria de ter os cabelos com uma única textura.

É um procedimento muito utilizado por quem faz a transição capilar, mas que não faz a utilização de nenhuma química.

Uma dica: para que a texturização capilar seja sempre bem feita, procure manter o cabelo sempre bem cuidado e hidratado. Além disso, no período de transição capilar, quanto mais saudável estiver o cabelo, mais rápido ele cresce.

Produtos utilizados

Existem diversas técnicas de texturização capilar e, em todas elas, é necessário utilizar alguns produtos para conseguir a devida definição. O ideal é que se tenha creme para pentear, ativador de cachos, gelatina capilar ou algum tipo de óleo vegetal.

O ativador, o creme e a gelatina servem para dar estrutura ao cabelo texturizado. Já o óleo vegetal vai ajudar na hora de deixar os cachos um pouco mais soltos.

O mais importante é encontrar o produto que seja ideal para cada tipo de cabelo.

Tipos de texturização capilar

O tipo de texturização capilar escolhida vai depender de qual efeito você deseja em seu cabelo. Algumas permitem ter cachos menores e mais soltos e outras cachos maiores e mais densos. É importante conhecer cada uma e escolher a que melhor combina com você. Além disso, existem vários tipos de cachos e cada um deles vai responder de forma diferente aos diversos tipos de texturizações disponíveis.

Veja alguns exemplos:

Dedoliss

Essa é uma técnica que existe desde sempre, afinal, quem nunca viu a mãe ou a avó enrolando o cabelo com os dedos e criando cachos? É um processo bem simples e costuma ser o mais fácil de ser feito.

Primeiramente, o cabelo precisa estar limpo e desembaraçado. Além disso, o ideal é aplicar um creme para pentear e que seja para cabelos cacheados. Em seguida, separe mechas (no tamanho em que deseja os cachos). Cada mechinha precisa ser enrolada com os dedos, desde as pontas até a raiz.

Twist

Imagine fazer uma trança, mas em vez de usar três mechas, você usará apenas duas. Essa é a ideia da técnica Twist, que também é uma das mais famosas entre as mulheres em transição.

O primeiro passo é lavar e desembaraçar o cabelo. Quando ele estiver úmido, separe as mechas no tamanho desejado e aplique um pouco de creme para pentear. Depois, pegue duas mechas e as entrelace, como se fosse uma trança e torça-as bem. Na ponta, prenda com um elástico para que fique bem firme. Pronto, agora é só esperar secar.

Bigudinho ou Flex Rods

Mesma modelo, à esquerda com os cabelos com textura lisa e cacheada e à direita com os cabelos definidos e totalmente cacheados após o serviço de texturização capilar.Os bigodinhos podem ser utilizados para uma texturização mais personalizada. Isso acontece porque eles permitem que se faça o cacho do tamanho desejado. Para muitos, essa é a melhor opção para aqueles que estão em transição capilar.

Na primeira etapa, você deve separar o cabelo por mechas. Depois, separe uma e aplique um finalizador de sua preferência, lembre-se de não exagerar na quantidade de produto.

Em seguida, enrole a mecha de cabelo no bigudinho e enrole até chegar na raiz. Para prender, utilize grampos. Esse processo deve ser realizado em todo cabelo.

Algumas pessoas esperam os cabelos secarem naturalmente, mas outras preferem utilizar o secador de cabelo. O ideal é evitar as fontes de calor, mas é uma opção que depende de cada pessoa.

Papel Alumínio

A texturização com papel alumínio costuma funcionar muito bem. Essa técnica é muito parecida com a de papel higiênico. Na verdade, você deve cortar pequenos pedaços de papel alumínio e enrolá-los no formato de “minhoquinhas”. As mechas devem ser separadas, mais ou menos do tamanho que você deseja que fiquem os cachos. Enrole os cabelos no papel e espere que sequem sozinhos.

Qualquer técnica de texturização acaba saindo quando o cabelo é lavado. Cada uma delas possui um tempo diferente de duração, mas a média é de dois a três dias, dependendo de como você cuida dos fios nesse período. A ideia da texturização é tornar o processo de transição menos difícil para a autoestima da mulher, que acaba ficando um pouco mais baixa nesse momento.

Gostou deste artigo? Para saber mais, acesse o nosso site e veja esse e outros conteúdos. Em caso de dúvidas, entre em contato conosco.


Tags


Os posts mais lidos

Siga o Beleza Natural

institutobelezanatural

Fique por dentro!

Cadastre-se e receba novidades, promoções e informações em primeira mão