FRETE GRÁTIS e NECESSÁIRE EXCLUSIVA nas compras acima de R$99,00 e toda a loja em até 6x sem juros.
Fechar
logo

Mechas para cabelos crespos e cacheados: técnicas, cores e tratamentos

17 de fevereiro de 2021

Quatro modelos entre mechas californianas e iluminadas.Às vezes, queremos mudar o visual sem ter que cobrir toda a cor do nosso cabelo, o que é de difícil manutenção e causa muitos danos, ou queremos apenas iluminar os cachos. E para essas ocasiões, as mechas são uma excelente pedida. Elas podem ser feitas numa cor próxima à natural para trazer iluminação, ou em cores diferentes para uma mudança mais radical. Sem contar que, uma mecha bem feita, vai ressaltar a textura dos seus cabelos e te deixar poderosíssima.
As mechas mais claras vão atrair mais luz para o seu cabelo, destacar sua textura e sua definição, além de conferir mais volume. Mas são tantas opções, tantas cores e técnicas diferentes, qual a melhor mecha para cada tipo de cabelo?

Quais os tipos de mechas?

Agora vamos analisar as duas técnicas mais utilizadas pelas cacheadas:

• Californianas:

Modelo com mechas californianas sorrindo.O segredo dessas mechas é o efeito natural. Iniciadas do meio para as pontas do cabelo, ela causa um efeito degrade, quase queimado do sol, buscando mais naturalidade possível. Em razão da textura, nos cabelos cacheados essa opção tende a apresentar uma transição suave e natural. E elas não precisam ficar só no loiro, não! veja abaixo:

– Loiras: é muito versátil e, por possuir diversos tons, combina com quase todo mundo, indo do dourado ao mais acinzentado.

– Platinadas: muito ousada e feita para quem quer causar impacto, pode mudar totalmente o seu visual. Basta redobrar os cuidados com os fios, afinal o platinado tende a causar um pouco mais de dano que um loiro comum.

– Mel: mais discreta que as anteriores, também possui uma gama diversificada de tons, sendo uma alternativa muito democrática. Além disso, deixa o visual mais natural, “queimado de sol”.

• Iluminadas:

Modelos com mechas iluminadas, segurando uma mecha do cabeloDentro dessa técnica existe muita abertura para mudanças. As opções de cores e espessuras são variadas, podem ser mais marcadas ou mais discretas. Diferentemente das Californianas, as mechas nesse caso se iniciam na raiz e vão até às pontas.

Além dos tipos de mecha, existem técnicas e produtos diferentes para você escolher. Tudo vai depender de como está o seu cabelo, do resultado que você quer obter e da durabilidade que você espera.

Hora de escolher a cor certa

Antes de tomar uma decisão, é muito importante analisar todas as opções disponíveis com o profissional que irá te auxiliar nessa mudança. Aspectos como o seu tipo de cabelo, a textura, o seu tom de pele, devem ser levados em conta nesse momento, além de se priorizar a saúde do seu fio. A escolha da cor é muito pessoal, mas algumas dicas podem te auxiliar:

• Regra dos três tons: A primeira regra é não fugir tanto do seu tom natural. Os cabelos cacheados são mais frágeis, então é ideal evitar os procedimentos mais agressivos que podem quebrar e ressecar ainda mais os fios. Pode parecer pouco, mas a mudança é bem significativa. Sem contar que confere mais naturalidade às mechas.

• Uma grande vantagem dos cachos é a de que, por conta de seu movimento e textura, o intervalo entre as colorações pode ser maior, já que a raiz demora mais para ficar aparente. Dessa forma, a saúde do fio é preservada e você economiza.

Tendo essas dicas em mente, converse com o profissional que vai trabalhar nos seus cachos, busque referencias (a internet está cheia de boas opções, fica até difícil decidir), escolha uma cor que combine com você e com seu cabelo, e o mais importante, que te faça sentir bem e bonita.

Como cuidar

Antes da descoloração

Como já sabemos, os cabelos cacheados são naturalmente mais ressecados que os outros tipos de cabelo, então ele demanda de muito mais hidratação. Levando em conta que as mechas necessitam de descoloração, o que agride muito os fios, antes de aplica-las, deixe o seu cabelo preparado para o que está por vir. Se você nunca fez um cronograma capilar, talvez seja o momento de começar. Aqui no blog já temos um passo a passo sobre como realizar um cronograma capilar, <a href=”https://blog.belezanatural.com.br/blog/cronograma-capilar-para-cachos-e-crespos/”> clique aqui e dê uma olhadinha no nosso artigo sobre o assunto!</a>

O primeiro passo antes da coloração é realizar o teste de mecha. É ele que vai definir se o seu cabelo está preparado para receber um processo químico como esse. Com ele, o profissional poderá avaliar como os fios vão se comportar, se haverá quebra ou elasticidade. Ele também vai ajudar no processo de decisão quanto às mechas em si.

Depois da descoloração

Se antes das mechas você já cuidava muito bem dos seus cachinhos, agora a atenção será redobrada. Hidratações constantes, leave-ins, óleos e finalizadores. Tudo é válido para não deixar seus cachos ressecados, quebradiços e sem brilho.

Se está acostumada a usar secador, mude a temperatura para a mais fria possível, sem esquecer que agora os seus fios são mais frágeis que antes. Além disso, aposte em produtos para realizar a manutenção da cor, assim você vai acordar todos os dias com aquele cabelo de salão. Se você tem dúvidas sobre como fazer ou gostaria de aprender mais, <a href=”https://blog.belezanatural.com.br/blog/4-passos-para-hidratar-o-cabelo-cacheado-e-crespo/”>clique aqui e leia o artigo sobre hidratação, pode salvar você! </a>

IMPORTANTE!

Antes de fazer qualquer procedimento químico no seu cabelo, tenha em mente os seguintes pontos:

– Se o seu cabelo recebeu coloração recentemente, não reaplique mais uma coloração sem respeitar o tempo de pausa. Os seus fios podem sofrer danos irreversíveis e, dependendo do grau do dano, até mesmo ter corte químico, que é uma quebra severa que os cabelos sofrem após receberem químicas em excesso ou incompatíveis.

– Se você já fez outros processos químicos agressivos, como: relaxamento, progressiva, permanente, etc., clarear o cabelo é completamente incompatível. O acompanhamento feito por um profissional qualificado é muito importante, além de atenção aos produtos a seres utilizados, respeito ao tempo de pausa e cuidados necessários. Tudo isso para manter a saúde dos seus fios e garantir que o único resultado possível seja o lacre!

– Se você nunca utilizou nenhum desses produtos, atente-se à possibilidade de reações alérgicas. Alguns componentes nas colorações, tonalizantes e descolorantes podem causar alergias e em alguns casos pode ser bem grave. Faça o teste de mecha e sensibilidade antes de utilizar qualquer produto novo.


Tags


Os posts mais lidos

Siga o Beleza Natural

institutobelezanatural

Fique por dentro!

Cadastre-se e receba novidades, promoções e informações em primeira mão