COMO FOI A MINHA TRANSIÇÃO CAPILAR

30 de setembro de 2019
Capa Papo Squad do Beleza com a blogueira cacheada Lari Rezende com as mãos nos cabelos.

E aí meu povo, tudo bom com vocês? Hoje estou aqui para contar sobre a minha transição capilar. \o/ Vou relevar como foi, quanto tempo durou e outras dicas para te ajudar nesta fase de transformação, aceitação da nossa beleza e também de muito empoderamento. 😉 Vem comigo!

Primeiramente, quando eu passei pela tal da transição, eu não fazia ideia pelo que eu estava passando (hahaha)! Lembro que quando parei realmente de passar química no cabelo, foi devido a um fator chamado: falta de dinheiro (rs).

Na foto aparece a blogueira Lari Rezende em quatro momentos de sua transição capilar: com o cabelo liso, depois no início da transformação, com o cabelo com duas texturas e, no final, com os cachos.
Antes e depois da transição capilar da blogueira Lari Rezende.

Sério gente! Lembro que a minha raiz estava com uns cinco dedos já, eu sem grana ainda pra fazer e me segurando só na chapinha. Parecia que meu cabelo crescia muito mais antigamente! Então chegou o bendito ano novo de 2011 para 2012, e eu querendo arrumar meu cabelo de algum forma. Como eu não tinha tantas opções – ou era chapinha ou era dar um jeito – pensei comigo mesma que não adiantaria fazer chapinha porque sairia mais tarde. Porque além disso, onde eu estava tinha piscina e já havíamos combinado de pular na piscina depois da meia noite.

Depois de um tempo tive a ideia  de enrolar todo meu cabelo pra ver como iria ficar. Aí peguei um copo descartável, coloquei água e um creme bem ralinho que meu namorado usava na época – ele sempre teve cabelo cacheado – misturei tudo e comecei a enrolar cachinho por cachinho. Igual as mães faziam antigamente no nosso cabelo, o famosos DEDO LISS, que é uma forma de texturização.

A blogueira Lari Rezende mostra seu cabelo cacheado.

Imediatamente gostei do resultado, porque já dava uma disfarçada, e comecei a fazer um pouco mais. Porém ainda fazendo chapinha na maioria das vezes. Em abril de 2012, me mudei de São Paulo para Goiás – que foi onde eu nasci – e descobri que com todo aquele calor seria quase impossível manter a chapinha impecável. E a partir daí eu me rendi completamente aos cachos \o/

O que faria de diferente na minha transição capilar?

Hoje em dia, com o conhecimento que adquirimos e com as atualidades, se eu passasse pela transição capilar novamente, com certeza saberia melhor o que fazer. Mesmo tendo achado o dedo liss uma super “solução”, provavelmente usaria mais técnicas de finalização e não ficaria presa a uma só. Como por exemplo, fazer mais tipos de texturizações e usar produtos mais consistentes, sem estar diluído na água. Um ideal, que define MUITO meu cabelo, é o Cachos Intensos, que eu amo <3. Outra opção seria usar as tranças, que estão super em alta, pois são maravilhosas para disfarçar as duas texturas. E também não podemos descartar o BC – big chop, que é o grade corte – que daria pra fazer assim que decidisse tirar toda a química de uma vez só do cabelo.

A blogueira cacheada Lari Rezende segura a linha completa Cachos Intensos, do Beleza Natural, com shampoo, condicionador, tratamento e creme de pentear.
Uma amor chamado bn.CACHOS Intensos, do Beleza Natural.

Enfim, eu amo todas as técnicas que foram criadas para nos ajudar na nossa fase de transição, pois a minha eu passei ela fazendo chapinha, que não é uma coisa muito boa para o nosso cabelo, mas não é errado, o importante é você passar por esse processo da forma que se sentir melhor <3

Espero que vocês tenham gostado, um super beijo e até mais :*

Lari (@lariirezende)



Os posts mais lidos

Siga o Beleza Natural

institutobelezanatural

Fique por dentro!

Cadastre-se e receba novidades, promoções e informações em primeira mão